fbpx
Nenhum Comentário

05 Dicas para não se enrolar com as contas de começo de ano.

Entra ano e sai ano e, para muitos, há um roteiro que sempre se repete: Mão aberta e comemoração durante o Natal e o Ano Novo e bolso vazio e preocupação com as contas que chegam aos montes nos primeiros meses do ano.

Conhece alguém assim? Ou você mesmo se encaixa dentro desse roteiro? Então fica comigo, que nesse artigo eu vou te ajudar a se programar para não se embolar com as contas que já estão batendo à porta.

 

05 DICAS QUE VOCÊ VAI CONFERIR NESTE ARTIGO:

1 – Faça um mapeamento das contas e saiba o quê e quanto você deve pagar!

2 – Pagar à vista é melhor, mas parcelado também funciona.

3 – Gastar mais? Só se for o solado do sapato para comparar preços.

4 – Xô Tentação! Evite as promoções de começo de ano e compre só o necessário.

5 – Economizar um pouquinho não faz mal a ninguém.

 

IPTU, IPVA, Material escolar, matrícula, etc… Pois é, o início de um novo ano, além de ser tempos de grandes sonhos e aspirações, é também um período que exige bastante controle e planejamento financeiro para não se enrolar com as contas e comprometer a situação para o decorrer do ano. Principalmente se for você o “arrimo” da família.

Então, para te ajudar a colocar tudo nos trilhos, separei essas 05 dicas que vão te ajudar a organizar sua vida financeira nesse início de ano. Confere só:

 

1 – Faça um mapeamento das contas e saiba o quê e quanto você deve pagar!

 

O primeiro passo para conseguir se livrar das dívidas é saber exatamente o quê e quanto você deve pagar. E se tratando das contas de começo, fazer esse mapeamento não é algo tão difícil, afinal, são contas que certamente você já pagou ao longo dos últimos anos, como o IPTU, IPVA, matrícula escolar, etc.

Inclusive, boa parte dessas contas já estão disponíveis para consultas nos órgãos competentes. E as que não estão, como a compra de material escolar ou uniformes, você pode comparar analisando a sua movimentação financeira de anos passados referentes ao mesmo período desse ano e ver quanto gastou na época.

 

2 – Pagar à vista é melhor, mas parcelado também funciona.

 

Uma ótima opção para aliviar um pouco do peso das contas de final de ano é abrir a carteira e pagar à vista aquelas contas que oferecem algum desconto para essa forma de pagamento.

Duas contas que trazem esse benefício são o IPVA (que em MG tem desconto de cerca de 3% para pagamentos à vista) e o IPTU (que no ano de 2019 em Ipatinga, teve até 10% de desconto para quem pagou o valor “de um tapa só”).

Todavia, se você não tem condições de abrir mão de todo o valor dessas contas de uma vez só, usar as possibilidades de parcelamento é a melhor saída. Claro, desde que você honre com as parcelas em dia e evite o acréscimo de juros e multas.

 

3 – Gastar mais? Só se for o solado do sapato para comparar preços.

 

Esta aí uma prática que precisamos colocar de vez em nossas vidas = comparar os preços das coisas que precisamos comprar.

De acordo com dados do Procon de SP, divulgados pela revista Exame, a diferença de preços de um mesmo produto entre as lojas podem chegar a inacreditáveis 450%. Vê se pode?

E um dos gastos de começo de ano que merecem uma boa pechinchada, são os gastos referentes aos materiais escolares. Aqui em Ipatinga temos várias opções de lojas, papelarias e livrarias disponíveis em bairros como o Centro, o Cidade Nobre, o Horto, o Canaã, entre outros. Tente encontrar aquela que ofereça as melhores condições de compras.

 

4 – Xô Tentação! Evite as promoções de começo de ano e compre só o necessário.

 

Se você é uma daquelas pessoas que não resiste a um anúncio de liquidação colado na vitrine de uma loja, atenção nesse dica: Meu bem, se controla!

O início de ano (principalmente janeiro) é a época em que as marcas promovem saldões para acabar com o estoque de Natal. Mas não é porque uma TV chique ou um Smartphone de última geração está com um bom desconto, que você precisa comprar e acrescentar mais uma dívida na sua lista. Concorda comigo?

Então, pelo menos enquanto você não se acertar com todas as contas de início de ano, faz a egípcia e vira o rosto toda vez em que passar perto de uma loja em liquidação. Combinado?

 

 

5 – Economizar um pouquinho não faz mal a ninguém.

 

E por último, uma dica que vale não apenas para as contas que estão chegando, mas para a vida toda: Tente guardar pelo menos um pouquinho do seu dinheirinho e fazer uma reserva.

Essa reserva vai te ajudar a se livrar de problemas que você venha a ter no futuro, como algo relacionado à saúde, uma compra urgente, uma reforma na casa ou até mesmo para os gastos de início de ano em 2021. Olha só que maravilha!

Economizar de 5% a 10% daquilo que você e sua família tem de rendimentos, já é um bom começo para passar um 2020 financeiramente mais tranquilo.

 

Bom gente, era isso o que eu tinha para falar para vocês. Se você gostou desse artigo, escreva aqui um comentário dizendo o que achou e também envie para algum amigo ou familiar que, para você, também precisar saber mais do assunto.

 

Moradia, trabalhando para o seu bem-estar!