fbpx
Nenhum Comentário

07 dicas para você decorar sua casa sem gastar muito neste natal

 

 

É impressão minha ou já dá pra ouvir o som de jingle bels tocando por aí? Pois é, 2019 voou e o mês de Dezembro já está batendo em nossas portas, trazendo junto com ele toda aquela atmosfera mágica do Natal.

E por falar em Natal, eu lembrei que essa é a data perfeita para dar uma turbinada na decoração dos nossos lares e deixa-los ainda mais bonitos e acolhedores.

Tá, eu sei que você vai me falar que não é todo mundo que pode investir muito em decoração, que árvores de natal e bonecos de Papai Noel são caros e tudo mais …

Mas e se eu te contar que um passarinho me contou sobre alguns truques que você pode usar para montar uma decoração incrível, gastando muito pouco (ou nada), você acredita?

*As informações abaixo foram produzidas pelo site: habitissimo.com.br

 

 

Pois então se prepare, porque nossos parceiros do Habitissimo Brasil nos deu aquela força e nos repassou 07 super dicas para você usar em sua decoração e trazer o espírito natalino para dentro do seu lar, sem pesar no seu bolso.

Quer saber mais sobre essas dicas? Então, se liga só:

 

DICA 01 – Uma árvore de natal sustentável

Que tal criar uma árvore de natal original e ainda contribuir com o meio ambiente? Sim, isso é possível e pode ser mais simples do que você imagina. Garrafas pet cortadas próximo ao fundo e preenchidas com delicadas bolas natalinas dão vida a uma árvore de natal verdinha e sustentável. Se você prefere uma pegada mais rústica, galhos secos de árvore amarrados com corda de sisal e coloridos com diversos enfeites podem ser a opção ideal para sua árvore de natal.

Fonte:  ttps://br.pinterest.com/pin/464785624044548536/

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/819162619700346624/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:https://br.pinterest.com/pin/688065649302577677/

DICA 02 – Estrelas radiantes

A estrela está presente em quase todas as decorações natalinas, e se você não quiser deixá-la de fora de sua casa então saiba que existem diversas opções para criar estrelas lindas sem gastar quase nada. Uma delas é o uso de CDs antigos, que podem ser cortados com uma tesoura especial para dar vida a uma estrela incrível. Outra sugestão é usar palitinhos de madeira, que podem ser aqueles espetos de churrasco, revestidos com corda de sisal para criar uma estrela simples e elegante.

 

DICA 03 – Guirlandas que falam por si

Sabe aquele cabide velho de arame que você já não sabe mais onde colocar? Chegou a hora de aproveitá-lo para fazer uma guirlanda incrível e deixar sua decoração natalina ainda mais especial. O primeiro passo é desmontar o cabide e deixá-lo em formato circular, sem perder o gancho que será usado para pendurar a guirlanda. Feito isso, basta revestir o arame com bolas de Natal ou pequenas pinhas pintadas na cor de sua preferência.

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/180284791313238165/

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/851532242029425194/

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/294071050667317599/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DICA 04 – Delicadas composições

Fonte:https://br.pinterest.com/pin/391742867586967019/

 

 

Para trazer um charme ainda mais especial à sua decoração de natal, você pode criar pequenos enfeites natalinos que são simples e rápidos de fazer. Uma lata de alumínio revestida com tecido se transforma em um belo vaso para receber um arranjo com pinhas e galhos de pinheiro. Vidrinhos de geleia que seriam descartados ganham a cena ao se transformarem em um suporte de velas feito com muita delicadeza.

 

 

 

DICA 05 – Uma mesa de encher os olhos

Fonte:https://br.pinterest.com/pin/362469470010800474/

 

 

Uma das maiores preocupações de quem irá receber os amigos e familiares para passar a noite de natal é a de preparar uma mesa incrível para esse momento tão especial. O que muitas pessoas não sabem é que usando taças de vinho ou de champanhe e até mesmo vidrinhos de geleia é possível criar uma decoração incrível para a mesa de natal. Basta combinar esses acessórios com bolinhas natalinas, pinhas e velas para ter resultados surpreendentes.

 

 

DICA 06 – Papai Noel não pode faltar

Fonte:https://br.pinterest.com/pin/478296422908373693/

 

 

 

O que seria do natal sem o tradicional Papai Noel? O bom velhinho é uma das marcas registradas desta data, e por isso não pode faltar na decoração de sua casa. Você pode fazer seu próprio enfeite de Papai Noel com feltro, que é um material fácil de encontrar e com preço acessível, ou pintar garrafas de vidro com o desenho dele. O que não faltam são opções para inserir o Papai Noel na decoração natalina

 

 

 

DICA 07 – Entre luzes e cores

A última ideia desse texto é para incentivá-lo a brincar com as luzes e cores em sua decoração natalina. Embora as cores tradicionais do natal sejam o vermelho, o verde e o dourado, nada impede que você aposte em outras combinações para encher sua casa de alegria. Além disso, as luzes podem ser grandes aliadas neste momento, e os pisca-piscas são itens baratos e que nunca saem de moda.

 

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/685110162046639883/

Incríveis as dicas, não é mesmo? Agora, você já tem a inspiração necessária para transformar o seu lar e torna-lo um lugar em que o Papai Noel (e todos os seus familiares e amigos) vão se impressionar ao visitar durante o Natal.

Ah! Aproveita e visite o site dos nossos parceiros do Habitissimo Brasil e confere as várias dicas incríveis que eles tem para te dar: habitissimo.com.br. E, claro, compartilhe o link deste artigo com alguém especial para que o lar dele também receba uma linda (e barata) decoração de Natal.

Um grande abraço e até as próximas dicas.

Moradia, trabalhando para o seu bem-estar!
Nenhum Comentário

As cores do seu lar em 2018!

Pare e dê uma olhada ao seu redor, qual a cor do ambiente que você está agora? É um tom mais neutro, pastel, suave ou é algo vibrante, energizante? Que sensação essa cor, ou cores, provocam em você?

 

Você pode até não perceber, mas cores à sua volta influenciam diretamente em sua dia a dia, influenciando em seu humor e estado de espírito. Sabedores disso, as principais marcas de tinta do Brasil (e do mundo) divulgam anualmente uma cor, que representa a cor do ano para aquela marca. Tais cores são escolhidas com base em estudos e pesquisas minuciosas, para que a cor escolhida represente de forma eficaz sentimentos da sociedade.

 

Portanto, para deixar você por dentro do assunto, nós da Moradia separamos as 06 cores escolhidas por 06 grandes marcas de tinta do Brasil e do mundo para decorar e trazer vida nova à sua casa, apartamento, quitinete, cobertura, loft, sítio, etc . Confira a lista:

  1. Ultra Violet (Pantone)

(Divulgação/Pantone)

“Complexa e contemplativa, Ultra Violet sugere os mistérios do Cosmos, a intriga daquilo que ainda está por vir e as descobertas que estão além do lugar onde nos encontramos agora. O vasto e ilimitado céu noturno é simbólico do que é possível fazer para continuar a se inspirar no desejo de perseguir um mundo que está além do nosso.”

É dessa forma que a Pantone, maior empresa do mundo em fornecimento de cores, define a cor escolhida para 2018.

Ainda segundo a empresa, Ultra Violet pode transformar um ambiente numa impressionante forma de autoexpressão, ou de forma invertida, o seu brilho pode abafar a cor num ambiente com pinturas modernas em estilos alternativos”.

Em relação à decoração do seu lar, a Ultra Violet pode estar presente seja em um sofá decorado, em peças de arte ou em detalhes de uma parede colorida. Combinando a cor com tons brilhantes e bem temperados, Ultra Violet atrai todas as atenções para si, dando vida ao ambiente.

 

  1. Adorno Rupestre (Coral)

A cor escolhida pela marca brasileira de tintas Coral é a Adorno Rupestre, um tom de rosa acinzentado e suave.

Definida como cor do ano pela equipe de especialistas da Coral, Adorno Rupestre é uma cor que remete aos primeiros abrigos da humanidade. Promovendo nos ambientes em que está presente uma sensação de aconchego e acolhimento.

Considerada pelos especialistas da marca como uma cor coringa, a paleta Adorno Rupestre casa perfeitamente com qualquer ambiente do seu lar. Sendo a cor propícia tanto para promover ao ambiente um toque feminino ou um visual mais contemporâneo.

Adorno Rupestre pode ser combinada com tons terrosos a fim de criar uma rica combinação de cores. Uma dica é quebrar essas tonalidades quentes e harmonizadas dessa combinação com um toque de azul petróleo, proporcionando mais elegância ao seu imóvel. Ou, caso prefira um ambiente mais clean, combine com cores mais claras para uma atmosfera delicada, mas quente.

  1. (Divulgação/Suvinil)

    Terra Roxa (Suvinil)

Sintonia com a natureza. É com esse objetivo que a Suvinil definiu “Terra Roxa” como sua cor para 2018.

Um tom terroso que remete ao barro, ao rústico e ao natural, Terra Roxa é um tom de laranja queimado, que segundo a consultora de cores da Suvinil, Ana Kreutzer “ … é como um abraço. Tem a ver com voltar a confiar nas pessoas. Lembra terra, um elemento muito humano”.

Ainda segundo Ana, a cor pode ser usada em todos os ambientes do imóvel, contudo, combina mais com a sala.

  1. Reflection (Lukscolor)

O azul acinzentado, sereno e aconchegante de Reflection é a cor de 2018 para a marca de tintas Lukscolor.

A busca por uma tonalidade que remetesse aos padrões comportamentais atuais, fez com que a Lukscolor enxergasse em Reflection a cor ideal, pois segunda a mar, a cor transpassa a valorização de um estilo de vida mais simplista e leve.

O tom sereno de Reflection pode ser harmoniza perfeitamente em qualquer ambiente do imóvel, podendo ser usado tanto em paredes, como em objetos de decoração. Uma dica é combinar a cor com tons de azul marinho, off-whites e/ou rosa claros, trazendo mais jovialidade aos ambientes em que se faz presente.

  1. Eucalipto (Eucatex)

Outra marca que decidiu apostar em uma cor que remete à natureza é a Eucatex. A marca brasileira encontrou no tom verde acinzentado de Eucalipto a união entre o natural/selvagem com o urbano/cosmopolita.

Em total sintonia com a tendência Urban Jungle (Floresta Urbana), Eucalipto proporciona aos ambientes um tom mais sóbrio e tranquilo.

A cor pode ser usada em qualquer cômodo da casa, mas não se limite às paredes, pode também ser usada em estampas para móveis, objetos de decoração e até em roupas de camas.

  1. Melodia do Mar (Sherwin-Williams)

E pra fechar essa lista com chave de ouro, a empresa de tintas americana Shervin-Williams trouxe como a cor de 2018 o azul intenso e vibrante de Melodia do Mar.

Melodia do Mar é uma ótima aposta para quem deseja renovar suas energias e criar em casa um clima com mais energia e propício para relaxamento e meditação.

O tom azul esverdeado de Melodia do Mar é de fácil combinação com outras cores, multiplicando suas formas de uso nos ambientes.

(Divulgação/Sherwin-Willian)

 “Os estudos de tendência de cores refletem o momento em que estamos vivendo no mundo. A instabilidade, as incertezas sociais e políticas, a falta de confiança, seja nas pessoas ou instituições que nos cercam, faz com que as pessoas anseiem por estabilidade e sinceridade, e a cor Melodia do Mar é o reflexo dessa busca. Queremos ser embalados por uma nova melodia, por um novo tempo, que nos remeta novamente a confiança tanto em nós mesmos como na sociedade”, afirma a especialista em cores da Sherwin-Willians, Patrícia Fecci.

 

Agora que você já sabe quais são as cores que vão ganhar destaque em 2018. Então, conta pra gente, qual dessas cores você usaria em seu lar? Se você gostou dessa matéria, curta e compartilhe com seus amigos. Sua interação é importantíssima para nós continuarmos a preparar conteúdos interessantes para você.

 

Moradia, trabalhando para o seu bem-estar!

Nenhum Comentário

05 Dicas práticas de decoração para organizar um imóvel alugado

Quando falamos em decoração de imóveis alugados (seja uma quitinete, apartamento ou casa), entramos em um assunto delicado, pois, trata-se de um investimento em um bem que pertence a outra pessoa e que, realizando mudanças no imóvel, no futuro poderá lhe trazer dor de cabeça.

Mas como para quase tudo há-se um jeito, separamos para você 06 dicas práticas de decoração que, além de mudar o visual do seu lar, vai te ajudar a manter o imóvel organizado e prático. Vamos lá?

 

DICA 01: Araras

A arara (que, diga-se de passagem, não lembra em nada o animal) é um acessório que, além de dar estilo ao imóvel, permite que você mantenha suas roupas organizadas e com fácil acesso, deixando à mostra suas combinações possíveis de vestuário e facilitando sua decisão na hora de escolher que roupa vai usar na ocasião, seja para o trabalho ou para aquela balada.

Você pode comprar uma arara em uma das tantas lojas de móveis e decoração que existem por aí, mas, com um pouco de criatividade e tempo, você mesmo poderá criar uma arara personalizada de acordo com o seu estilo. No YouTube, você encontra diversos tutoriais ensinando como criar sua própria arara de roupas.

 

DICA 02: Caixotes decorados

Seja como suporte para uma mesa, um porta livros, uma casinha para animais de estimação, bancos, entre várias outras formas de uso, os caixotes trazem muita praticidade ao seu lar.

Relativamente fáceis de encontrar e com preços acessíveis, seu imóvel ganhará outra cara com esses acessórios.

Você pode usá-los em seu formato normal, com as cores da madeira em destaque, dando um toque de rusticidade ao ambiente, ou pintando-os com cores que harmonizem com o interior de seu lar.

 

DICA 03: Tapetes e Carpetes

Quando se trata de decoração de imóveis alugados, o uso de tapetes e carpetes é uma ótima saída para mudar o visual sem ter que modificar sua estrutura.

Além de seu efeito estético, os tapetes e carpetes também proporcionam comodidade e praticidade aos moradores de um imóvel, pois ajudam na manutenção de um ambiente limpo, na climatização do ambiente e oferecem isolamento acústico, como por exemplo, a redução do “toc toc” de uma pessoa com salto andando pela casa.

Com mais de 2.500 anos de existência e com modelos que vão desde os persas até os de corda, você vai encontrar uma infinidade de tapetes e carpetes diferentes, com design e preços diferentes.

 

DICA 04: Pallets

Seguindo quase a mesma ideia dos caixotes, pallets são ótimas alternativas para mesas, suportes para camas, sofás e painéis por exemplo.

A dica é procurar por pallets que estejam com bom estado de conservação, evitando aqueles em que a madeira apresente pedaços quebrados ou áreas apodrecidas. Com pallets prontos para uso, basta soltar a imaginação e personaliza-lo de acordo com seu gosto, deixando seu imóvel ainda mais bonito.

Você poderá encontrar pallets em casas de produtos rurais, lojas de materiais de construção, pequenas e médias indústrias, feiras, armazéns e claro, em empreses de compra e venda de pallets.

Uma dica: No site do Pinterest, você encontrará vários móveis construídos a partir de pallets para servir como inspiração.

DICA 05: Hortas e Jardins verticais

Tendência do momento no mercado imobiliário, as hortas e jardins verticais vieram para ficar.

Além de decorar e dar vida ao seu imóvel, essa tendência traz muitos outros benefícios, como, a sustentabilidade ao cultivar alguns alimentos e, acredite se quiser, diminuir a temperatura do seu imóvel. Segundo especialistas, áreas verdes no imóvel podem ajudar a reduzir em até 7% a temperatura ambiente.

Cada vez mais, escritórios de arquitetura, floriculturas e áreas afins, tem procurado especializar-se na instalação de jardins verticais, basta uma pesquisa na internet para encontrar alguém já especializado. Mas, caso queira criar você mesmo seu jardim vertical, no YouTube, há centenas de tutoriais explicando todo o passo a passo.

Com paciência, tempo e uma boa dose de criatividade é possível encontrar excelentes alternativas para decorar seu imóvel alugado de forma que além de dar um UP no visual do imóvel, auxilie na manutenção da organização do ambiente, e de quebre elimina sua preocupação com possíveis problemas com o proprietário do imóvel.

Se você gostou desse artigo e/ou tem algo a acrescentar, deixe seu comentário logo abaixo. Você também pode compartilhar o artigo em suas redes sociais e deixar seus amigos ligados em nossas novidades.

Nenhum Comentário

Pisos, escolha corretamente.

Muitas cores, texturas, formatos e tamanhos confundem a gente na hora de escolher o piso para nossa casa ou apartamento. Outra confusão comum é identificar se o piso é cerâmica ou porcelanato. Para cada tipo há uma forma específica de instalação.

Super importante, além de um ótimo material, é escolher também a mão de obra com melhor referência de qualidade. Uma má instalação de piso pode colocar todo o serviço a perder, e refazer serviços e gastar mais com certeza não está nos seus planos.

Vamos conferir algumas dicas para que seu piso seja da melhor qualidade em todos os aspectos.

Escolhendo o material

Observe bem o tamanho do seu ambiente e os tamanhos de suas placas. Para evitar que o pedreiro faça muitos recortes, evite peças grandes caso o espaço a ser instalado seja pequeno. Se a área é molhada como o banheiro, cozinha ou área de serviço, a dica são os pisos antiderrapantes. Os pisos lisos são mais indicados para área secas.

A escolha do piso certo faz toda a diferença ao fim da obra ou reforma.

 Se optar por porcelanato

Amplamente utilizado e mais valorizado no mercado hoje, o porcelanato exige mais atenção ao comprar. Peça para ver a embalagem do produto e confira na etiqueta se a qualidade é A (extra), que atende a todas as normas técnicas de qualidade. Verifique também se o produto segue a NBR 15463 ou a NBR 13818, que são as normas de qualidade. Se não puder ver a embalagem na loja, peça para o vendedor confirmar, pois a qualidade A indica que os pisos de porcelanato têm tamanhos regulares e que não há defeitos na superfície.
Há no mercado a famosa linha comercial, ou linha C, que contêm algum defeito e por este motivo as peças são mais baratas. Pense bem se o preço vale o trabalho da mão da obra, pois este material tem mais perda e irregularidades na hora de instalar.
E você gosta daquele rejunte bem fininho? A indicação é utilizar pisos retificados, que o corte é bem certinho na peça. Há lindas peças de porcelanato que não são retificados e tem bordas irregulares, fique atento para não deixar de ter seu rejunte bem fino.

Se optar por cerâmica

A linha mais indicada é a tipo A, ou de primeira linha. Cerca de 95% das peças não apresentam defeitos visíveis. Para estas, provavelmente haverá também uma indicação de qualidade na embalagem conforme a NBR 13.818/97. A segunda linha, ou tipos B e C, tem defeitos visíveis mas os fabricantes garantem que as peças são tão resistentes quanto as do tipo A.
Fique atento pois existe até o tipo D de cerâmica. Este último tipo, além de possuir defeitos visíveis, as peças não tem garantia de resistência do fabricante. Confira sempre a embalagem do produto que está adquirindo. E lembre: azulejo de parede não pode ser usado como piso.

Escolhendo a mão de obra

Fique atento também aos equipamentos de segurança de seu prestador de serviços.

Peça referências e confira outros trabalhos realizados pelo pedreiro. Se a sua opção for porcelanato e você quer seu rejunte fininho, confira se ele já fez este serviço e o resultado. Confira se o prestador de serviço entendeu o desenho que você quer que se forme em seu piso para não ter surpresas desagradáveis depois. Diagonal, reto e alinhado, com ou sem detalhes entre as placas, tudo isso é importante que ele saiba exatamente como fazer. Lembrando que as últimas peças geralmente têm recortes, escolha o canto em que o pedreiro deve começar a instalação. Lembre-se de explicar como quer que seja aplicado o rejunte.

Preparando a base

Independente do piso escolhido, a base deve ser muito firme, ou seu piso irá se soltar ou trincar e seu gasto será maior. Chamado de contrapiso, esta base não fica visível pois fica sob as placas de piso. Se ela for mal feita provavelmente você só vai descobrir depois, quando seu “profissional” já estiver longe. Evite este problema e fique de olho se o contrapiso está regular, firme, seco e sem poeira antes do pedreiro passar a argamassa que vai colar as placas de piso.

Colando o piso

Saiba que para cada tipo de piso usa-se uma argamassa diferente. Procure na embalagem do piso a indicação da argamassa a ser utilizada ou veja também nos pacotes de argamassa para que pisos elas se destinam. O erro nessa escolha pode trazer muito prejuízos.
A recomendação é que a argamassa tradicional deve secar por aproximadamente 2 ou 3 dias antes de o rejunte ser colocado. Se não respeitar esse tempo, a água da massa pode se acumular por baixo do rejunte, soltando-o e fazendo você gastar mais dinheiro. Caso a argamassa seja do tipo “seca rápido”, este tempo pode ser menor, mas deve ser respeitado o tempo indicado na embalagem do produto. Caso queira instalar piso sobre piso, confira se a base está firme e nivelada. Fique atento para que a altura do novo piso não atrapalhe a abertura de portas.

Rejunte fino

Espaçadores devem ser colocados para um melhor resultado na aplicação do rejunte.
O espaço entre as placas também é muito importante. É nele que irá o rejunte. Mesmo se achar mais bonito o rejunte fininho, verifique na embalagem o espaçamento que é permitido para que ele não trinque, quebre ou solte. Peça ou providencie para seu pedreiro os espaçadores adequados, para acertar na largura dos rejuntes.

Áreas molhadas

 Uma parte muito importante da instalação de pisos é a impermeabilização do contrapiso e da parte mais baixa da parede para evitar infiltrações. O impermeabilizante deve ser aplicado sobre o contrapiso e antes do pedreiro colar as placas com argamassa.
Caso queira colocar o piso em áreas molhadas como cozinha, banheiro ou área de serviço lembre-se que será preciso instalar ralos e fazer uma leve inclinação no piso para que a água corra para eles. Verifique isso com seu pedreiro para não ter dor de cabeça depois.

Uma boa construção ou reforma? Tudo isso é #maisquebemvindo
E se você quiser conferir em nosso site os imóveis disponíveis com piso em porcelanato e cerâmica para compra e aluguel, acesse www.moradiaimobiliaria.com.br