fbpx
Nenhum Comentário

Caixas d’água e de gordura sem limpeza: risco para a saúde

Se você vai comprar um imóvel, se mudar de aluguel ou é morador antigo do imóvel e nunca se preocupou com a caixa d’água e com a caixa de gordura, trouxemos para você as recomendações de limpeza e desinfecção desses recipientes para que você se proteja dos riscos proporcionados pela má utilização e má conservação.

Caixa d’água

Tomar banho, preparar alimentos, lavar a louça, usar a descarga. Estas são algumas atitudes cotidianas que são possíveis porque a água da companhia de abastecimento chega até a sua residência e é armazenada em caixas d’água, das quais poucos se lembram. Mantê-las limpas então, mais difícil ainda de lembrar. A recomendação de especialistas é higienizar o reservatório doméstico a cada seis meses. O serviço é indicado para analisar se existe algum vazamento e preservar a saúde dos moradores da residência, já que o acúmulo de sujeira e micro-organismos pode contaminar a água.

A caixa d’água serve como reserva em caso de haver problema no abastecimento da companhia de saneamento do estado. Segundo a empresa, a garantia de qualidade da água vai até o hidrômetro e, a partir daí, a responsabilidade é do cliente. Agentes de saúde alertam que, com o passar do tempo, micro-organismos criados pela própria água e levados até o reservatório pela canalização da rede hidráulica podem comprometer a qualidade do líquido.

Limpeza ajuda a assegurar a qualidade da água que servimos para nossa família.
Luciene Araújo, gerente da Moradia Imobiliária, alerta para os produtos a serem utilizados no momento da limpeza. “Não é recomendável o uso de panos que soltem resíduos, vassouras, detergente ou quaisquer outros produtos que possam contaminar a água. Água sanitária ou cloro e uma flanela ou bucha são os ideais para a tarefa”, disse. Ela orienta também aos moradores que fechem suas saídas de água durante a operação para evitar o desperdício.

“Fechar antes e abrir depois para sair o cloro dos canos, por pelo menos uns minutinhos de água corrente na torneira para eliminar os resíduos do produto é fundamental para preservar a saúde de todos. Colocar adesivos com a data da limpeza também é uma boa para se orientar”, comentou. A caixa d’água deve sempre estar bem fechada, evitando assim a entrada de animais, insetos e vetores de doenças. Com a epidemia de Dengue, Zika Vírus e Chikungunya a atenção deve ser redobrada.

Se o condomínio não possui uma Conservadora, os moradores devem ficar atentos para efetuarem a limpeza ou contratarem uma empresa especializada para isso. É fundamental para garantir a qualidade de vida de todos.

Caixa de gordura

Você sabe para que serve a caixa de gordura instalada em seu imóvel? Muita gente não tem conhecimento da utilidade e da importância de uma boa limpeza nesse recipiente. A caixa de gordura é como um grande balde, que fica bem abaixo do piso, deixando visível apenas a sua tampa. Sua função é impedir que o material gorduroso dos alimentos, que vai com a água literalmente para o ralo, chegue à rede de esgoto.

Caixas de gordura devem ser limpas pelo menos a cada três meses.
Dependendo do tamanho, a limpeza da caixa de gordura deve ser realizada quinzenalmente ou pelo menos uma vez a cada três meses, dependendo do imóvel e do ritmo da cozinha. Por exemplo, a demanda de uma casa é diferente daquela adotada em um prédio ou em um restaurante. Evite despejar restos de comida nos ralos. Os alimentos, junto com o óleo utilizado para sua preparação, podem ser os grandes vilões das redes hidráulicas.

Muitas pessoas tentam limpar a caixa de gordura com espátulas e água quente, mas este segundo componente pode prejudicar ainda mais a situação. As caixas de gorduras atuais são feitas de PVC e a água com temperatura elevada pode provocar danos ao material. Use cloro e bucha, se a situação estiver muito ruim, chame uma empresa especializada.

Comments (0)