Nenhum Comentário

Iguaçu, um ótimo bairro para se morar!

Seguindo com a nossa proposta de levar até você mais sobre a história dos bairros de Ipatinga, trouxemos hoje aquele que é considerado o bairro que “corta” a cidade por estar localizado próximo a diversos bairros e da rodovia BR 381 e ser rota de escoamento do fluxo frenético de veículos em horários de pico: o Iguaçu.
Contaremos aqui a história e algumas curiosidades deste delicioso bairro e diremos a você o porquê morar aqui pode ser sensacional por proporcionar qualidade de vida, mobilidade e segurança.
Conhecendo a origem
O Iguaçu foi o primeiro loteamento de Ipatinga fora do projeto “Vila Operária”.
Diferente de outros bairros aqui já detalhados, que foram construídos de acordo com o “Projeto Vila Operária”, do arquiteto Rafael Hardy, o bairro Iguaçu começou a ser construído nas terras que pertenciam a “Fazenda Prato Raso”, do pioneiro Jair Gonçalves. Segundo José Augusto de Morais em seu livro Ipatinga Cidade Jardim, volume II, de 2009, para atender à demanda exigida pelo progresso da cidade, o pioneiro preparou toda a infraestrutura inicial dos lotes, que foram colocados à venda. Jair Gonçalves também doou parte das terras para a comunidade de Ipatinga, destinadas à construção de escolas, asilos, igrejas e campo de futebol. Das terras da “Fazenda Prato Raso” surgiram então os bairros Iguaçu – o primeiro loteamento – e Cidade Nobre, que possuem as partes mais valorizadas do território de Ipatinga. As ruas do bairro receberam nomes de pedras preciosas e de tribos indígenas, de acordo com o Decreto Municipal Nº 528, de 22 de março de 1974.
Comércio
Com algumas avenidas, como a Brasil, principal do bairro, e praças com o entorno ladeado de lojas, agências de automóveis, restaurantes, lojas de informática, de venda e conserto de celulares entre outras, o bairro Iguaçu se destaca pelo seu intenso comércio.
Uma característica no comércio local é o direcionamento para o segmento de noivas e casamentos, sendo o bairro muito procurado pelas nubentes à procura de vestidos para o seu grande dia, além da vestimenta de seu noivo e madrinhas. Agências de fotos especializadas neste segmento também podem ser encontradas por lá. Salões de beleza também são muitos e atendem todo tipo de público.
Além do comércio, o bairro agrega também uma grande variedade de escritórios de grandes empresas e indústrias da região. Pelo fato do bairro ser bem localizado e de escoamento fácil de transito é a preferido pelos empresários para se estabelecerem.
Mobilidade urbana
Na principal avenida do bairro passam diversas linhas de transporte público, além de uma grande variedade de moto-táxis.
Morar no Iguaçu e não ter transporte próprio não é problema. Por lá passam quase todas as linhas de ônibus da cidade, facilitando a vida dos pedestres e proporcionando um deslocamento mais ágil. Outro tipo de transporte muito utilizado pelos ipatinguenses é o moto-táxi, que no bairro Iguaçu tem uma concentração ótima deste tipo de serviço. São mais rápidos e bem acessíveis.
Qualidade de vida
O bairro Iguaçu tem como ponto inicial e final o encontro do Córrego Bom Jardim com o Ribeirão Ipanema. Ao lado do Ribeirão foi construída uma pista de caminhada que leva até o Parque Ipanema, vizinho do bairro.
Muitas praças compõem a urbanização do Iguaçu e nelas há sempre muito verde e bancos e mesas onde os moradores desfrutam de preciosos momentos de descanso e lazer. Para os esportistas há no bairro um campo de futebol e algumas academias.
E para aqueles que a qualidade de vida já não está tão boa, o bairro oferece uma opção enorme de farmácias e drogarias, além de clínicas médicas e de exames.
Educação
 Para quem tem filhos o bairro Iguaçu é perfeito pela proximidade de escolas e faculdades. No bairro há creches, escolas de ensino básico, fundamental, médio e superior. O bairro conta
No detalhe o casal Altina e Jair Gonçalves. Foto da turma do EJA na Escola Altina Olívia Gonçalves, no bairro Iguaçu. Foto: acervo euamoipatinga.com.br

com duas escolas municipais e uma estadual, além de uma escola de ensino técnico e uma faculdade. Uma curiosidade interessante sobre uma das escolas é a homenagem à esposa do benfeitor que doou as terras para construção do bairro. O nome dela foi dado à instituição em reconhecimento pelos vinte anos de trabalho voluntário dedicados à população do Iguaçu.

Curiosidade
Em uma cidade em que sua maior receita é oriunda da indústria metalúrgica, os equipamentos públicos têm que ser adaptados para atender à demanda do transporte de grandes peças.
Por isso, na Avenida Pedro Linhares, na altura do bairro Iguaçu, a passarela de passagem de pedestres que atravessa a rodovia foi construída deixando o vão central removível. O vão central é removido toda vez que a carga ultrapassa o limite máximo de 4,40 m de altura.

Gostou do Iguaçu? Bacana né! No site da Moradia Imobiliária você vai encontrar o imóvel ideal para você e sua família neste bairro. Além do Iguaçu, conheça também os bairros Bom Retiro e Cariru.

Nenhum Comentário

Cariru: tradicional, familiar e muito verde!

Ao se contar a história de Ipatinga, o bairro Cariru se destaca pelas suas particularidades históricas e pela movimentação dos japoneses na cultura local. Tradicional e familiar, o bairro conta com um centro comercial e diversos pontos de comércio em todo seu território. Para quem busca qualidade de vida é uma ótima opção para se morar e investir.
Não conhece o Cariru ainda? Nós listamos alguns motivos para conhecer e descobrir que é um ótimo lugar para se viver e ser feliz com a família.
História contada em livro
Foto de acervo do início da construção do bairro Cariru.
José Augusto de Morais em seu livro Ipatinga Cidade Jardim, volume II, de 2009, nos conta que, segundo uma lenda, Cariru era uma “grande cobra” que existia no Rio Doce e que, quando saía da água, cegava com a luz de seus olhos as pessoas que se aproximavam dela. Alguns moradores mais antigos do bairro ouviram contar também que essa cobra morou por muito tempo no Fícus da Av. Japão. Mas, na verdade, o bairro tem esse nome porque ali era encontrada uma grande quantidade de um vegetal denominado Cariru ou Caruru, denominação comum a várias plantas amarantáceas, algumas das quais muito utilizadas na culinária.
Antes de se chamar Cariru, o local era denominado “Pedra Mole” e foi ali que, em 1922, foi inaugurada a primeira edificação pública da cidade de Ipatinga: a “Estação Ferroviária de Pedra Mole”. A estação foi desativada em 1930, mas o local serviu como o primeiro cemitério da cidade e posteriormente também foi implantada uma cocheira, onde eram guardados os cavalos de raça dos diretores, brasileiros e japoneses, da Usiminas. Hoje, ainda existem algumas ruínas da Estação de Pedra Mole ocultas na beira do Rio Piracicaba, no final da Av. Itália (perto do Morro do Castelo).
Ruínas da Estação de Pedra Mole, que funcionou até 1930.
O bairro Cariru começou a ser construído no início da década de 1960. Ele fez parte do “Projeto Vila Operária”, do arquiteto Rafael Hardy. No Cariru construíram-se residências para os operários de nível técnico e japoneses. Estes, após a frustração da expectativa de criar um bairro só para os japoneses, se instalaram no Cariru.
As ruas do bairro foram oficialmente denominadas com nomes de nações, pela Lei Municipal 263, de 29 de outubro de 1970, na gestão do interventor federal Almir Ribeiro Tavares. Foi construído no bairro o primeiro educandário de nível ginasial da cidade: o Colégio São Francisco Xavier, destinado principalmente aos filhos dos funcionários da Usiminas.
Alimentação e vida noturna
Bairro tradicionalmente familiar, o Cariru se destaca pelo tradicional Centro Comercial, onde bares e cervejaria animam quem por lá resolve ficar. Restaurantes como os japoneses, a pizzaria, a churrascaria, o espetinho, lanchonetes e dois tradicionais trailers de lanches são ótimas pedidas na noite para quem quer boa comida e ambientes super familiares.
Um pub no centro comercial está reunindo a galera jovem e deixando o ambiente mais descolado. Além dessas opções para comer, o bairro conta com o Teatro Zélia Olguim, famoso por trazer grandes nomes da cultura para a cidade.
Mobilidade urbana
Por estar entre o Hospital Márcio Cunha I e o Centro da cidade, que são os principais pontos finais das linhas de ônibus, o Cariru é servido de diversas linhas e uma variedade maior de horários de transporte público. Além do municipal, algumas linhas intermunicipais fazem rota no bairro. As vias principais são espaçosas e de fácil movimentação, além de muito bem sinalizadas.
Fícus, patrimônio público
Fícus foi tombada como patrimônio da cidade.
Existe no bairro uma árvore que é o símbolo da preservação do verde pelos moradores, o Fícus. Plantado em 1961 por Katanosuke Mae, um japonês que morava na rua Peru, no próprio bairro, a árvore já foi alvo de intenção de corte de algumas pessoas e os moradores locais sempre impediram, até mesmo com protestos, como o de uma moradora que se dependurou em seus galhos para impedir o corte. A árvore foi tombada pelo patrimônio histórico e artístico da cidade. Com isso, o Fícus, segue pomposo a sua vida ali, na avenida Japão, próximo ao prédio da Cônsul.
Qualidade de vida
Um atrativo especial no bairro é a pista de caminhada e corrida. Abrangendo quase todo o entorno do bairro, é muito utilizada por atletas e profissionais da saúde para atividades que promovam a qualidade de vida. A pista passa pela área onde é realizada a feira, na qual produtores regionais comercializam produtos, grande parte orgânicos, de produção local.
Verde e água
Extensa área verde e o encontro dos rios Doce e Piracicaba. Imagem: Reprodução Google
O bairro é todo cercado pela mata do Parque Estadual do Rio Doce e, ao fundo, é banhado pelo Rio Piracicaba, que se encontra calmamente com o Rio Doce próximo às ruínas da Estação de Pedra Mole. No subsolo, abaixo da foz do rio Piracicaba, está localizado um aquífero aluvionar, que é de onde é extraída a água utilizada para o suprimento da maior parte do Vale do Aço.
Cariru em números
Fonte dados demográficos: IBGE / Fonte dados valores: Pesquisa Interna
E aí, já se decidiu? Gostou do bairro Cariru? Ele, de fato, é um bairro maravilhoso para se viver e desfrutar com a família e amigos. São muitos os atrativos que poderá conhecer pessoalmente em seu dia a dia. Você pode escolher a casa dos seus sonhos e ter a certeza de optar por um local privilegiado e que proporciona uma excelente qualidade de vida!
Nenhum Comentário

Bom Retiro: Tranquilidade e facilidades em um só lugar!

Ipatinga é uma cidade jovem, com apenas 52 anos, mas com muita história para contar. E entre elas está a do bairro Bom Retiro. Conhecido por sua vida noturna intensa, pela tranquilidade e clima familiar mesmo em meio a um comércio ativo e diversificado, o bairro é ideal para quem busca qualidade de vida.
Optar por morar aqui pode ser um dos melhores investimentos que você faz para a sua rotina e sua família. Por ter uma infraestrutura de comércios e estabelecimentos de serviços em geral, você e sua família terão praticamente tudo ao seu alcance. Se você ainda está na dúvida sobre morar no Bom Retiro, listamos alguns bons motivos que você precisa conhecer e que, com certeza, vão lhe convencer de uma vez por todas!
História contada em livro
De acordo com José Augusto de Morais em seu livro Ipatinga Cidade Jardim, volume II, de 2009, o Bom Retiro fez parte do conjunto de bairros construídos pela Usiminas em 1960, de acordo com a visão da “Vila Operária”, projeto de Rafael Hardy que separava os funcionários da empresa por cargos e previa um “Centro Comunal” aberto à livre iniciativa. A origem do nome do bairro é explicada por Otoni Vicente Ferreira, motorista aposentado da Usiminas.
Bairro Bom Retiro no início da década de 1960. Crédito: Acervo Público
Segundo ele, um encarregado da firma “Leão”, chamado Queiroz, pediu à Usiminas uma área no local onde seria construído o bairro para montar um curral e fornecer leite aos funcionários da empresa. “Retiro” é justamente o nome dado ao lugar onde se tira o leite. A Prefeitura Municipal de Ipatinga, posteriormente, oficializou o bairro como “Bom Retiro”. As suas ruas receberam nomes pátrios, de acordo com o Decreto Municipal Nº 528, de 22 de março de 1974.
Mobilidade urbana privilegiada
O Bom Retiro permite uma mobilidade urbana com mais facilidade devido ao grande número de linhas de ônibus que ali passam e saem do ponto final, em frente à Unidade II do HMC – Hospital Márcio Cunha. As vias são largas e o trânsito flui com facilidade. Se você pretende resolver tudo dentro do próprio bairro, o Bom Retiro conta em suas avenidas principais com calçadas largas e boa sinalização.
A principal avenida do bairro reúne diversos estabelecimentos comerciais.
Comércio diversificado
Supermercados, farmácias, papelaria, material de construção, decoração, açougue, verduraria, roupas e acessórios, alfaiates, informática, academias, artigos de beleza, de pesca e acampamento, distribuidora de balas e doces e de bebidas, artigos para festas, floriculturas, autoescolas, oficinas de automóveis e de eletroeletrônicos entre diversos outros tipos de comércios podem ser encontrados no bairro. Uma lotérica e caixas eletrônicos em pontos estratégicos do HMC II e na Unileste garantem os serviços bancários por lá, mas caso precise ir ao Banco, as redes bancárias tem estabelecimentos no bairro vizinho, o Horto.
Alimentação e vida noturna
Sair para comer, ouvir um som ao vivo e deixar as crianças brincarem a vontade é muito fácil. São muitas as opções de locais para sair, sentar e tomar aquela cerveja gelada ou aquele suco super saudável. O bairro conta com pizzarias, lanchonetes diversas, sorveteria, açaí e tapiocaria, churrascarias, lanchonetes com lanches gourmet e os tradicionais hambúrgueres de chapa. Para paladares mais específicos, porções de peixe, casa de quibe, comida baiana, grega, japonesa e chinesa também são encontradas no bairro. Para quem quer estender a noite, uma cachaçaria oferece música ao vivo com sucessos regionais.
Uma Academia da Saúde foi instalada no bairro e é aberta à população.
Atividades cotidianas
Se você tem filhos, não terá problemas com escolas e faculdades no bairro Bom Retiro. Há centros educacionais pelo bairro, tanto públicos quanto privados. Há também praças e uma quadra de esportes para uso da comunidade. Um clube com piscinas e quadras de esporte para seus sócios fazem parte da lista de lazer dos moradores. Uma pista de caminhada ladeia o bairro e uma Academia da Saúde está instalada na praça em frente ao posto de Saúde. Um lar para idosos também pode ser encontrado nas proximidades.
O Hospital Márcio Cunha Unidade II trouxe para o Bom Retiro atendimentos médicos e resultados de exames antes só disponibilizados na Unidade I. Clínicas de fisioterapia e pilates, além de atendimento para animais em pet shops especializados tornaram a saúde de sua família e de seu bichinho de estimação mais acessíveis. Para momentos de oração, pode-se contar com diversos espaços religiosos como templos e igrejas. Católicos, protestantes, espíritas e as demais crenças convivem em harmonia pelo bairro.
Fonte dados demográficos: IBGE / Fonte dados valores: Pesquisa Interna
Então, o que achou do bairro Bom Retiro? É, de fato, um maravilhoso bairro para se viver e desfrutar com a família e amigos. São muitos os atrativos que irá conhecer pessoalmente em seu dia a dia. Você pode escolher o apartamento dos seus sonhos e ter a certeza de optar por um local privilegiado e que proporciona uma excelente qualidade de vida!
Nenhum Comentário

Ipatinga, cidade inteligente e divertida

Noites incríveis com sua família e amigos

Você sabia que Ipatinga está entre as 100 cidades mais inteligentes do país? Uma pesquisa divulgada em junho de 2016 pela Revista Exame classificou as cidades brasileiras de acordo com os investimentos dos municípios em diversas políticas como mobilidade urbana, saúde, inovação, educação e qualidade de vida. Ipatinga ficou em 48° e se destaca à frente de diversas cidades de maior porte.

Acreditamos que qualidade de vida também é diversão. Ipatinga tem uma vida noturna bem bacana, com muitas opções de lazer e cultura. O povo ipatinguense sabe como ser feliz e tem diversão para todos os gostos. Separamos para você algumas opções para sair com amigos e família, nos três bairros mais badalados da cidade. Vamos conferir:
No bairro Bom Retiro são muitas as opções de diversão com família e amigos.

Bom Retiro – Sair para comer, ouvir um som ao vivo e deixar as crianças brincarem a vontade é muito fácil neste bairro. São muitas as opções de locais para sair, sentar e tomar aquela cerveja gelada ou aquele suco super saudável.

O bairro conta com pizzarias, lanchonetes diversas, sorveteria, açaí e tapiocaria, churrascarias, lanchonetes com lanches gourmet e os tradicionais hambúrgueres de chapa.
Para paladares mais específicos, porções de peixe, casa de quibe, comida baiana, grega, japonesa e chinesa também são encontradas no bairro. Para quem quer estender a noite, uma cachaçaria oferece música ao vivo com sucessos regionais.

Açaí Beat’s – Comilão Lanches – João do Peixe – Cachaçaria Jack Chan – Rei da Pizza – Magic Burguer – Petiscos – Barney Lanches – Bar do Cupim, Ximbocas Bar, Rick Lanches – Sorveteria Portuetto – Lig China – Açaí e Tapiocaria – Coliseun Pub – Mistura Fina – Cupim e Cia – Tony Espaguete – Sal e Brasa – Bella Pizza – Santropeiro – Europe Music Bar – Cachorro-quente do Totó – Casa do Quibe – Ponto do Acarajé – Bruder Spetim – Shawarmas
Porções, bebidas e ambientes familiares e aconchegantes você encontra no bairro Cariru.

Cariru – Bairro tradicionalmente familiar, o Cariru se destaca pelo tradicional Centro Comercial, onde bares e
cervejaria animam quem por lá resolve ficar. Restaurantes como os japoneses, a pizzaria, a churrascaria, o espetinho, lanchonetes e dois tradicionais trailers de lanches são ótimas pedidas na noite para quem quer boa comida e ambientes super familiares.

Um pub no centro comercial está reunindo a galera jovem e deixando o ambiente mais descolado. Além dessas opções para comer, o bairro conta com o Teatro Zélia Olguim, famoso por trazer grandes nomes da cultura para a cidade.

Pizzaria Chaplin – Grampian – Sushi Ten – Carnegole – All Gustus Churrasquinhos – Francis lanches – Bar Santa Maria – Pub 88 – Magic Burguer – Barteco – Don Patrício
O bairro Cidade Nobre é muito conhecido pelo público jovem, são muitos bares e uma boate que agitam a região.

Cidade Nobre – Entre os mais badalados, o bairro melhor localizado dentro do município para quem curte a noite é o Cidade Nobre. Com um forte comércio durante o dia, o entorno de uma de suas praças é o point de muitas gerações em busca de diversão a noite.

Lanchonetes tradicionais e gourmets, restaurantes com comida japonesa, porções de churrasco, pizzaria, espetinhos, batatas de várias formas, açaí, comida fitness fast food podem ser encontrados pelo bairro. Frango no pote, temakeria, sorvetes finos e uma chocolateria fazem sucesso entre os frequentadores do Cidade Nobre. Um bar oferece um tradicional bingo e os jovens podem se divertir no boliche ou na boate.

Abracadabra – Viola Pub – Bom Mexido Gastrô – Tribbu Fit Food – Subway – Kenko Sushi – Mundo do Frango – Cancun – Magic Burguer – Honkan –Scenaruin Speteria – Point do Açaí – Pizzaria Chaplin – Billy´s Lanches – Bruder Butiquim – Casa da Picanha – Onbuzzo – Satto Teppan – Temakeria – Diretório do Espetinho – Tulipas Bar – Xama Restaurante – Tio Nando Lanches – Gran Gelato – Hakuna Batata – Nuaçaí – Boliche – Scenarium Boate.

Leia mais